segunda-feira, outubro 22, 2007

Yumara Rodrigues

Yumara Rodrigues – Iniciou sua carreira na década de 1950 no grupo amador Teatro de Cultura da Bahia (TCB), coordenado por Nair da Costa e Silva. Atravessou a década de 1960 trabalhando com diversos diretores e grupos da capital e, no início dos anos 1970, tenta a profissão no sul do país, retornando para Salvador em 1974. Três anos depois, monta sob a direção de Manoel Lopes Pontes o grande sucesso Apareceu a Margarida, de Roberto Athayde. Neste texto representava uma professora autoritária, uma metáfora da Ditadura Militar então instaurada no país. Na década de 1980, atua em antológicas montagens da Companhia de Teatro da Ufba, grande formadora do imaginário teatral da cidade, como: Seis Personagens a procura de um autor (1981), Caixa de Sombras (1982), Ciranda (1984), A Caverna (1985) e Sr. Puntilla e seu criado Matti (1987). Atuou ainda em Dias Felizes (1985) , Castro Alves e A Mais Forte (1997). Em 1998, atua em dois textos de Bertolt Brecht: Mãe Coragem e O Círculo de Giz caucasiano. Em 2000, lançou o CD de poesias Primeira Comunhão e, ano seguinte, a peça Alzira Power. Em 2006, participou de leituras do O pagador de promessas e A Ópera dos Três Tostões.

Um comentário:

Robertson Rébula disse...

Yumara, que alegria poder te encontrar, aqui neste mundo virtual. Certamente, não te encontraria com a facilidade com que te achei. Você foi uma pessoa marcante na minha vida, pois foi através de você que aprendi algo sobre o teatro. Você me incentivou a ler Stanislavski e Brecht. Me ensinou a interpretar e a representar, mesmo que nosso convívio não tenha durado muito. Fizemos duas peças infantis, aqui no Rio: "Na corte do Rei Bolão" e "O rapto das cebolinhas". Foram grandes momentos, apesar das doses de imaturidade que era peculiar de um rapaz de 22 anos.
De qualquer modo, nunca é tarde demais para expressar nossa admiração pelas pessoas especiais e você foi especial para mim.
Um beijo grande
Robertson Rébula
P.S. Que trabalho fabuloso é esse que você tem feito aí na Bahia!
Dê uma olhada no meu blog:
http://correiovespertino.blogspot.com . Desse modo podremos nos aproximar.