terça-feira, junho 19, 2007

Teatro Nu faz 1 ano!

Dia 16 de junho completamos um ano de existência. A estréia do blog foi com uma longa reportagem feita por Jussilene Santana, atriz do Teatro Nu, falando sobre os 50 anos da Escola de Teatro.
Depois, participamos de uma homenagem aos 50 anos de morte de Bertold Brecht, e na volta de Roma, onde estive para a leitura de dois textos meus – Os Javalis e Os Amantes II – resolvemos montar o segundo e estrear o Teatro Nu nos palcos baianos; nossa primeira montagem.
O blog acompanhou todo o processo, com vídeo dos ensaios e discussões, fotos, notas sobre a montagem, breve currículo da equipe, enfim, um diário de bordo para dialogar com o público e nos fazer repensar, escrever e discutir nossa arte.
Tivemos ainda o prazer de ter textos de Rodolfo di Giammarco (crítico italiano responsável pela minha ida a Roma) e de Letizia Russo (talentosa dramaturga italiana que traduziu algumas peças minhas, dentre elas Os Amantes II).
Voltamos em 2007 com textos sobre teatro, críticas, ensaios e citações que provocassem o leitor. Contamos, esse ano, com a colaboração de Ildásio Tavares e novos textos de Jussilene e meus. Queríamos criar um diálogo com as pessoas para discutir sociedade, arte e cultura e assim fomentar um debate duradouro, abrindo possibilidades e alimentando nossa vontade de continuar discutindo – no palco e no blog – o mundo em que vivemos.
Recebemos muitos e-mails. Às vezes até demais. E em contrapartida tivemos muitos poucos comentários no blog. Não sei se por receio, inabilidade eletrônica ou até mesmo pelo fato de achar que um e-mail é mais efetivo, a parte dos comentários no blog – fundamental para estimular-nos a dar continuidade e botar mais o dedo na ferida – foi a mais fraca.
Esperamos que mais pessoas interajam com o blog, já que cada dia crescem mais as visitas, aumentando os números de nosso contador.
Aproveitem e dêem uma passada de olho pelo blog todo, quem não acompanhou mais assiduamente. Talvez lá atrás vocês encontrem coisas que não leram, não viram, como eu mesmo fiz, aproveitando a ocasião desse aniversário.

GVT.

4 comentários:

jacyan disse...

O fato é que deixei vááários comentários, que não entraram. Problemas tecnológicos, acredito. Pena. Uma verve brilhante está se perdendo...
Beijocas

Claudinho disse...

Só não canto "Chegou a hora de apagar a velinha..." porque ODEIO Carequinha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Um ano de blog? Viva!

Ivan disse...

E que apaguem várias velinha... sem a voz do Carequinha,é claro, cantando "parabéns" para não contrariar Claudinho!

"É pique! É pique!..."

Cláudia B. disse...

Parabéns pelo aniversário, gente! E o que eu ouço falara, eu que também tenho um blog, bem diferente do Teatro Nu, é que nem sempre as pessoas querem se lançar em debates públicos. Preferem comentar discretamente, por e-mail, ou pessoalmente. Vai saber... Mas é um direito de cada um. Nem todo mundo tem esse impulso de publicar as suas opiniões na internet. É preciso uma certa dose de coragem, de exibicionismo para isso. Eu bem sei.